Bonito, sem um “”passageiro”” especial

Em preparativos finais para as 12h de Sebring, que animam o fim de semana da velocidade que tem F-1 na Austrália, Stock Car em Curitiba, Nascar e a abertura do Brasileiro de Rali de Velocidade em Canela (RS), pausa para mostrar a máquina de um dos brasileiros inscritos na maratona norte-americana – os outros são Lucas di Grassi, com a Audi R18 E-tron Quattro e Bruno Senna, que já chegou mostrando serviço com a Aston Martin Vantage GTE da equipe oficial, com as cores tradicionais da Gulf.

Bruno Junqueira, terceiro colocado na categoria LMPC no campeonato da American Le Mans Series em 2012, permanece na RSR Racing, mas as cores de seu protótipo Oreca FLM09-Chevrolet mudaram radicalmente, do vermelho para o branco e azul. E se ao longo da temporada ele terá a companhia do venezuelano Alex Popow, para Sebring o time quase foi reforçado com um nome que diz muito para quem gosta das duas rodas: “Steady” Eddie Lawson, tetracampeão das 500cc nos anos 1990, com experiências na Indy Lights e na Indy. Acabou que Lawson não se sentiu competitivo e preferiu abrir caminho para Duncan Ende.

Melhor de tudo foi ver o diálogo entre o mineiro e seu ex-patrão Djalma Fogaça, dos tempos em que Bruno acelerou na F-Truck. “Melhor que o Fordão, Bruno?”. “Fogaça, vira um pouco mais rápido que o Fordão, mas no fim é tudo corrida, a mesma coisa”. Brincadeiras a parte, que seja ainda melhor que a temporada passada…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s