E se… eu tiver chutado errado…

Quando eu postei sobre a possibilidade de uma combinação Williams/Mercedes para o Mundial de F-1 de 2014, considerando uma possível “traição” da Force India e a adoção dos propulsores de Maranello pela esquadra de Vijay Mallya, não imaginava que as coisas tomariam outro rumo logo no dia seguinte. Afinal, estamos falando do ano que vem, de acordos que não costumam ser fechados de um dia para o outro. Pois um comunicado vindo de Stuttgart confirmou que os motores estrelados seguirão equipando os carros de Silverstone, com direito a fornecimento dos equipamentos de recuperação de energia (serão dois Kers diferentes), além de câmbio e sistema hidráulico, “a longo prazo”. De todo modo, como a McLaren pode se bandear para os lados da Honda em 2015, como tanto se fala, ainda continuo acreditando numa dobradinha entre a turma de Frank Williams e a montadora alemã. E pelo ritmo atual, a Ferrari será praticamente obrigada a entrar em acordo com a Marussia se não quiser perder mercado, ou veremos uma grande F-Renault no circo…
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s