A Honda também sobe. E dá o exemplo…

O primeiro sintoma de que as coisas não vão bem em momentos de crise para as grandes montadoras é o corte dos investimentos no automobilismo. Reúne-se um conselho de administração e, em nome dos números e de pretensas economias, corta-se sumariamente times oficiais – a Peugeot enterrou seu time de endurance ano passado quando tudo estava pronto para uma sessão de testes em Sebring, o que rendeu um gasto imenso para trazer todo o equipamento de volta à França.

Felizmente, passado o impacto inicial, as fábricas que têm a competição no DNA ou que compreendem a importância de investir nas pistas, repensam seus planos e começam a dar sinais positivos. Vejam o caso da Honda. Fechou o time de F-1, desistiu do turismo, fechou o bolso até… que voltou a acreditar no WTCC (de forma discreta, no melhor estilo japonês), já estuda um retorno ao circo e, nos EUA, segue acreditando em novos projetos. Equipa a Indy, na rivalidade com a Chevrolet, desenvolveu um simpático Fit de rali, semelhante ao que corre na Austrália e, agora, junta-se a pequenos e gigantes num desafio chamado Pikes Peak. Ela mesma, a subida de montanha lendária que é personagem carimbada neste espaço.

E de uma forma até surpreendente. Vai alinhar 10 carros diferentes em nove categorias e escolheu o versátil e rapidíssimo francês Simon Pagenaud para ser o líder do time. Como vale tudo na categoria Unlimited, que já terá sua majestade Sebastien Loeb (aliás, seu Peugeot terá um V6 3.200cc biturbo de 875cv para 875kg, quase coisa de F-1), Jean-Philippe Dayraut com um Mini mostrado aqui e certamente ainda haverá mais gente boa aparecendo por aí. Como o percurso de 156 curvas agora é integralmente asfaltado, não seria de se estranhar que um dos protótipos HPD (Honda Performance Department, o braço da marca nos EUA) ganhe alguns centímetros do solo, uma suspensão de maior curso e mesmo uma cara do projeto do novo NSX, que virá para reeditar o sucesso do carro tornado lendário por Ayrton Senna. Como for, nove carros de uma só vez são mais do que uma declaração de amor às competições. E isso o blog apoia, e como…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s