Um novo mundial que promete…

Que me perdoe o grande (no talento) Flávio Gomes, que se referiu ao Rallycross como “uma espécie de gincana”. Talvez ele tenha visto muitas imagens do showman Ken Block, que realmente mais se exibe do que compete; ou das provas da versão norte-americana do esporte, que foi um bocado desvirtuado, com saltos sobre caçambas, ou com vãos livres (o que é um perigo tremendo) e traçados desenhados em estacionamentos ou locais pouco adequados. Mas o Rallycross de verdade é, hoje cada vez mais, um senhor esporte. Para o leitor que não sabe, tudo começou na Grã-Bretanha no fim da década de 1960, com a tentativa de aproximar a modalidade do público, garantindo a transmissão pela TV.

           FIA RX/divulgação

Não demorou para que o RX atravessasse o canal e se tornasse forte também na França, Bélgica, Holanda e países nórdicos. Por muito tempo, o Europeu foi a principal competição e muita gente boa com destaque em outras categorias se juntou à novidade – casos dos franceses Bernard Darniche, Bruno Saby e Guy Frequelin. Criou-se um regulamento próprio, logicamente inspirado no do rali, mas com motores ainda mais potentes. E a modalidade ganhou nova linfa, com inovações nos circuitos e máquinas cada vez mais elaboradas. Junte-se a isso o interesse provocado com a chegada de pilotos como Petter Solberg e Sebastien Loeb e a consequência seria lógica: a criação de um Mundial FIA, em que as estrelas são os Supercars.

           FIA RX/divulgação

Sinceramente não dá para encarar como gincana uma disputa que reúne Solberg, Timmy Hansen (filho do lendário Kenneth), Liam Doram e… Jacques Villeneuve (considerando a turma que fará toda a temporada), além de Matthias Ekström (que vem com um Audi S1); Patrick Carpentier, Scott Speed e outros nomes que engrossarão os grids em algumas etapas. O primeiro evento oficial do campeonato foi um Media Day na pista italiana de Franciacorta, palco da 10ª das 12 etapas de um calendário com início marcado para dia 4, em Montalegre (Portugal). E com promessa de cobertura da Fox Sports para a América Latina. Esperemos, porque promete…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s