Nada é tão ruim…

… que não possa piorar, parece ser o ditado. Pois se a McLaren já não nada em águas tranquilas em termos de patrocínio, um comunicado de imprensa informa que, depois de 33 anos de parceria, a Hugo Boss troca o time de Woking pela Mercedes. Quem acompanha o circo há mais tempo sabe que, embora pequena, a logo da fabricante de roupas de luxo, sempre atrás do cockpit, se tornou marca registrada, transformando-se em sinônimo de Lauda, Prost, Senna, Hakkinen, Hamilton e Button. E muito do crescimento internacional da grife foi impulsionado pela publicidade nas pistas. Se eu fosse apenas um pouco engraçadinho, diria que o problema é que o slogan da Boss é “os líderes vestem”. E quem são os líderes a esta altura do campeonato? Tá explicado. E é bom que os japoneses consigam uma bolada para acompanhar o motor Honda, até mesmo para bancar o salário de Fernando Alonso…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s