O primeiro F-1 do ano, por enquanto virtual…

Não é propriamente uma novidade, em 2012 a Caterham se propôs a revelar sua máquina de forma virtual nas páginas da mesma revista F1 Racing, do grupo britânico Haymarket (o mesmo da Autosport), mas chama a atenção que, neste ano, quem tenha aceito a proposta de mostrar antes da concorrência as linhas de seu novo modelo tenha sido um peixe grande, a Williams. A edição que chega às bancas britânicas nesta quarta (por aqui até aparece, mas beeem depois), traz, como modelo, na capa, a Williams FW37 Mercedes, máquina com que Felipe Massa e Valtteri Bottas buscarão dar fim ao jejum de vitórias do time de Grove e confirmar a impressionante ascensão da temporada passada.

                                    Haymarket Magazines

Lógico que a turma capitaneada por Pat Symonds escondeu bem, na tela do computador, os detalhes da aerodinâmica da máquina. Aletas, defletores e detalhes das duas asas não serão assim na versão definitiva, que só deverá aparecer mesmo no último teste de pré-temporada. E o que chama a atenção numa primeira olhada é o fato de que os bicos exóticos podem até diminuir de tamanho por conta do regulamento, mas não vão desaparecer de todo. E que a base do modelo que incomodou a dominadora Mercedes ano passado foi mantida. Imagina-se que os projetistas tenham feito de tudo para garantir um grip mecânico ainda melhor que o do FW36, único ponto fraco de uma máquina quase impecável. Nada de pintura azul, a la Williams, a novidade já chega em cores que se imagina definitivas, até mesmo para valorizar os patrocinadores que seguem e os que chegaram (Rexona, Hackett).

O mais engraçado é que, na temporada de 2014, quem abriu a fila foi a Force India, em 22 de janeiro, com uma imagem solteira. E que o time anglo-indiano, animado com o apoio do grupo Telmex, prometeu para amanhã uma cerimônia grandiosa na Cidade do México, no museu que homenageia a falecida esposa do bilionário Carlos Slim. Nada de carro novo, no entanto. O VJM08 deve faltar inclusive ao primeiro teste de Jerez, na tentativa de aproveitar ao máximo as observações e análises do túnel de vento. A promessa é de revelar apenas “as novas cores”. Então tá…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s