Palavrinha danada… (Coluna Sexta Marcha – GP da Inglaterra)

*** Era de se esperar desfecho mais agradável depois da excepcional largada de Felipe Massa e da resistência elogiada durante as 20 primeiras voltas, ainda que o famoso “undercut”, nome dado à decisão de antecipar o pitstop para superar quem vai à frente no trabalho de boxes. Não é o caso de eximir a Williams de culpa, mas o circo já presenciou erros bem mais graves, como a coluna, tal e qual publicada no Estado de Minas, lembra e comenta..

.Mercedes AMG Petronas/divulgação

Palavrinha danada…

Estratégia. Segundo o Dicionário Aurélio, “arte de aplicar os meios disponíveis com vista à consecução de objetivos específicos”. Algo que, na Fórmula 1, deixou de ser empírico para se tornar prioridade nos boxes, consumindo recursos, mobilizando homens e, lógico, pesando no orçamento das equipes. As principais se dão ao luxo de ter gente em suas sedes analisando todas as variáveis possíveis; jogando dados em supercomputadores na tentativa de interferir em detalhes que podem representar o pulo do gato. Por outro lado, ainda há muito de aposta, de risco – não há previsão, de tempo ou do que quer que seja, 100% eficaz. O leitor já terá desconfiado que o assunto da coluna envolve um certo Felipe Massa e o pódio que escapou domingo, em Silverstone. Vi muita gente se apressando em dizer que seria impossível bater as Mercedes mesmo se não chovesse e o desfecho do GP britânico fosse linear e, a bem da verdade, o primeiro lugar já tinha ido embora quando das primeiras paradas para trocas de pneus. Mas o segundo posto estava, sim, nos planos, ainda que dependesse de muito suor para fugir dos ataques de Bottas e Rosberg. As Williams largaram de forma excepcional e o brasileiro fez lembrar os motivos que fizeram a tantos (eu entre eles) acreditarem em seu talento, e hoje ser lembrado com saudade pelos tifosi. Alargou trajetórias, não exigiu em excesso dos pneus e, diante da choradeira alheia, coisa normalíssima neste tipo de disputa, mostrou que carro mais equilibrado não é sinônimo de ultrapassagem. Até que a 43ª volta se mostrasse… exagerada para os planos do time de Grove. Pat Symonds e Rob Smedley desta vez pagaram pela cautela, ainda que conheçam bem os caprichos do tempo em seu país natal. E, se serve de consolo, erraram em dose dupla, sem favorecer a um ou a outro. A Ferrari, por sua vez, tinha pouco a perder chamando Sebastian Vettel tão logo a chuva apertou, e aí até a posição do carro na pista faz diferença. E nem é preciso lembrar do fatídico episódio que definiu o último GP de Mônaco para constatar que acontece nas melhores famílias (e equipes). O próprio Massa penou largando do fim da fila algumas vezes quando corria de vermelho porque as decisões erradas eram tomadas na hora errada. E, sem exageros, perdeu o título de 2008 quando foi autorizado a deixar os boxes em Cingapura ainda com a mangueira de reabastecimento de combustível acoplada. Fico imaginando então, já que o resultado já é tão dependente do trabalho dos homens do muro, se a proposta de retomar a história do “completa, por favor” vingar. Melhor não, já que estamos falando de um esporte que, embora individual, depende de centenas de homens e mulheres mas, no fim das contas, deve premiar aquela peça entre o banco e o volante. Melhor sorte da próxima vez, que não será na Hungria, onde as Williams devem remar no meio do pelotão. Em Spa-Francorchamps, quem sabe.

Noiva cobiçada

Os tempos andam tão bicudos mesmo no circo que o simples rumor do interesse da Aston Martin em ter sua escuderia deu início a uma corrida de declarações – não falta gente fazendo a corte à noiva cobiçada. A marca de esportivos sediada em Gaydon, hoje de propriedade de um grupo de investidores árabes em sociedade com David Richards (que já dirigiu Benetton e BAR) estaria conversando com a Red Bull para assumir o controle do time, com motores Mercedes – Dietrich Mateschitz e seu touro vermelho se tornaria sócio ou apenas patrocinador. Mas Williams e Force India também gostaram da ideia e esticam o pescoço de olho num reforço de caixa. Negociações a acompanhar…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s