E Serginho ganhou asas…

“Uma hora o jogo vira, e, de ter que se preocupar em correr atrás de patrocínio, eles é que vão correr atrás de vocês”. A conversa se deu há mais tempo, diante do grande potencial mostrado pelo mineiro Sérgio Sette Câmara em sua primeira temporada no Europeu de F-3, em que foi duas vezes ao pódio – conseguiu ainda o terceiro lugar no prestigioso Masters de Zandvoort – e terminou como um dos principais novatos, mostrando, acima de tudo, regularidade e evolução constante, o que as vezes é tão ou mais importante que os resultados. A cereja do bolo foi o ótimo desempenho numa pista tinhosa como Macau, que valeria no mínimo um lugar entre os seis primeiros e só foi frustrada por um pneu furado, mas não tirou dele a condição de recordista de um traçado que já viu triunfarem tantos campeões.

Pois eis que o menino que eu vi começar no kart – ele mal alcançava os pedais, precisava da ajuda de dois pedaços de madeira – quando também eu brincava com meu F-400 (saudade) vai mudar não de equipe em 2016, mas de cores. E a conversa, que foi com o pai, que acreditou desde o começo e tem lutado muito para conduzi-lo num percurso que não é fácil, se confirmou. Serginho é, a partir de agora, um piloto Red Bull, como foram tantos que eu poderia gastar posts e mais posts citando (Vettel, Ricciardo, Verstappen, Kyvat, Sainz, Speed, Webber, Félix da Costa são os principais exemplos).

E não se trata apenas de fazer parte do que é a mais eficiente fileira do automobilismo mundial (claro, tem o outro lado, Helmut Marko estará de olho e não costuma ser complacente, muito menos paciente); mas de aproveitar uma estrutura única disponibilizada pela turma do touro vermelho, que dispõe de um mega centro de treinamento em sua sede de Salzburgo; além de ter a perspectiva de dar os próximos passos sempre nas melhores equipes (na F-3 a Motopark já é uma das) e, porque não, quem sabe logo logo realizar o sonho de comandar um F-1, mesmo que num dos vários eventos promocionais da marca pelo mundo. Considerando que é muito mais do que simplesmente frear e acelerar, que o sucesso na corrida rumo ao topo premia foco, dedicação, sacrifício e humildade, e Serginho tem todas as características citadas, dá para esperar muita coisa boa por aí. Valeu, garoto, aproveite bem as asas…

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s