McLaren MCL32: a coisa começou a ficar séria…

Um dia e a apresentação de duas das mais esperadas máquinas para o Mundial de Fórmula-1’2017, tanto mais porque, McLaren e Ferrari fizeram campeonatos bem abaixo das expectativas e precisam retomar espaço à altura de sua tradição. Ver o laranja, que era a cor original de Bruce McLaren, finalmente como parte da decoração do MCL32 (como já se esperava, diga-se de passagem) não deixa de ser especial, embora as cores sejam o menos importante no trabalho encabeçado por Tim Goss.

Trata-se de mais um sinal de que o time de Woking quer romper com qualquer aspecto que lembre a era de ouro de Ron Dennis. O que seria MP4/31 ganhou novo nome para “sumir” com as referências ao P4 (ou Project Four), que era a escuderia de Dennis. E também aí o problema é pequeno diante da necessidade de voltar a brigar por pódios e justificar o sucesso da parceria com a Honda, que está devendo há dois bons anos. Não dá para dizer que equipe e fornecedora de motor não tentaram.

A aerodinâmica foi trabalhada ao máximo, como Goss já vinha tentando, mas dessa vez com um risco que se justifica. Que tal os defletores que se seguem ao suporte da asa dianteira, sob o bico? E a entrada minúscula de ar nas laterais? A asa traseira é um primor de recortes, ângulos, condutos. E a dianteira, ainda que provisória, impressiona pela complexidade. Entrada de ar única para o motor e revolução prometida sob a carroceria – com uma unidade de potência totalmente revista (de que forma ainda não se sabe).

Felizmente os discursos de praxe foram modestos, com a consciência de que é melhor não nutrir expectativas antes que a pista dê seu veredito. Mas como o diretor-executivo Zak Brown bem destacou, está mais do que na hora de conseguir novamente um patrocinador principal, já que os fracassos dos últimos anos representaram muito menos dinheiro em caixa. A hashtag #changeyourgame (algo como mude o jogo) se justifica mais do que nunca. E nem é preciso dizer que a paciência de Fernando Alonso já passou do limite. Mais um ano nota 6 e a coisa pode começar a se complicar para os lados do McLaren Technology Center…

mcl32a mcl32 mcl32b

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s